segunda-feira , 29 maio 2017

Home » Saúde » Jovem conhece pai após 18 anos e deve doar rim para salvá-lo: ‘Foi Deus’

Jovem conhece pai após 18 anos e deve doar rim para salvá-lo: ‘Foi Deus’

fevereiro 28, 2017 4:18 pm by: Category: Saúde Leave a comment A+ / A-

Ela descobriu que aposentado tinha apenas um rim ao conhecê-lo, em Goiânia.
Exame de DNA revelou compatibilidade e ela resolveu marcar a cirurgia.

A dona de casa Antônia Marcela Almeida da Silva conheceu o pai biológico aos 18 anos de idade, em Goiânia. Durante os primeiros encontros, descobriu que ele tinha nascido com apenas um rim e estava há dois anos na fila para receber um órgão para o transplante. A jovem resolveu fazer o exame de DNA, que revelou que os dois eram compatíveis. Diante disto,ela decidiu doar um rim para salvar a vida dele e afirma que a decisão não partiu dela, mas “de Deus”.

Antônia Marcela afirma que, no início, visitava o pai, o aposentado Moacir Bezerra Guedes, por insistência da mãe, mas logo descobriu a importância da reaproximação.

“Isso me sensibilizou, porque ele disse que tinha até 55 anos de idade para fazer a cirurgia e estava quase completando os 55 anos. Eu deitei, e na hora que eu fui fazer minha oração pedi que Deus abençoasse para aparecer alguém, um rim pra ele. Aí no outro dia já dei ‘Bom Dia’ e questionei ‘Bora fazer o DNA?’ E eu digo, não foi uma coisa que partiu de mim, foi Deus”, contou.

O resultado do exame de DNA saiu em agosto do ano passado e o transplante está marcado para o próximo dia 17 de março. Moacir mora em Itacajá, na região nordeste do Tocantins, mas está na capital goiana para fazer os tratamentos de saúde.  O aposentado diz que se sente esperançoso com a cirurgia. Ele afirma que não imaginava que o gesto de procurar a filha salvasse a vida dele.

“Eu fiquei mais animado porque a gente tem mais chance de vida, porque na fila de espera de cadastro, eu fiquei dois anos e nunca fui chamado. Eu espero que dê tudo certo. Que eu volte minha vida ao normal e possa fazer alguma coisa da vida, voltar a viver com minha esposa e minhas filhas. O convívio já mudou, aumentou a família”, disse o homem sorrindo.

Exame mostra que rim de Moacir Guedes está comprometido, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Exame mostra que rim de Moacir Guedes está comprometido, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Três pais
A jovem nasceu em Itacajá e fala, orgulhosa, que a vida deu a ela a oportunidade de ter três pais. Ela foi registrada por Manoel Silva, pai biológico dos irmãos dela. Depois cresceu ao lado do padrasto, Jeruilson, responsável por boa parte da criação dela. Quando descobriu o pai biológico, e, em seguida a necessidade da doação de órgãos, disse que ficou surpresa e convicta de sua missão na Terra.

“Eu tenho em mente uma frase, que o que você puder fazer nesta vida, que você faça. Porque depois que a gente morre, que a gente vai embora, o que que fica?”, disse.
Antônia Marcela afirma que espera que, com o transplante, o pai possa voltar para a cidade onde deixou a esposa e outra filha e tenha a oportunidade de retomar a rotina. Apesar disto, ela diz que não vai perder a convivência com ele.

“Eu espero devolver a vida dele, que ele vá embora pra o Tocantins e que ele possa retomar a vida dele, sorrir, voltar a rotina dele. Ele não tem só duas filhas, mas dois netos, um genro. O que for pra fazer eu faço até o final e eu tenho certeza que vai ser um final feliz”, disse emocionada.

Antônia Marcela conheceu Moacir Guedes aos 18 anos, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Antônia Marcela conheceu Moacir Guedes aos 18 anos, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Fonte: G1.goias.com.br

Jovem conhece pai após 18 anos e deve doar rim para salvá-lo: ‘Foi Deus’ Reviewed by on . Ela descobriu que aposentado tinha apenas um rim ao conhecê-lo, em Goiânia. Exame de DNA revelou compatibilidade e ela resolveu marcar a cirurgia. A dona de cas Ela descobriu que aposentado tinha apenas um rim ao conhecê-lo, em Goiânia. Exame de DNA revelou compatibilidade e ela resolveu marcar a cirurgia. A dona de cas Rating: 0

Leave a Comment

scroll to top