quinta-feira , 20 julho 2017

Home » Sem categoria » Aparecida de Goiânia celebra 95 anos com bolo gigante e desfile cívico-militar

Aparecida de Goiânia celebra 95 anos com bolo gigante e desfile cívico-militar

maio 11, 2017 8:52 pm by: Category: Sem categoria Leave a comment A+ / A-

Daniele de Oliveira e a filha, Júlia, gostam de viver em Aparecida de Goiânia (Foto: Paula Resende/ G1)

Moradores ouvidos pelo G1 ressaltam que gostam de viver na cidade, mas cobram segurança e infraestrutura; veja o que abre e o que fecha no feriado.

Com 532 mil habitantes, Aparecida de Goiânia completa 95 anos nesta quinta-feira (11). As comemorações começam logo cedo, às 8h, com o corte do bolo de aniversário, que terá 95 metros de extensão, e, logo depois, desfile cívico-militar (veja programação abaixo). Moradores ouvidos pelo G1 celebram a data, mas ponderam que o município ainda tem muito a desenvolver.

Acolhedora, Aparecida de Goiânia cativa pessoas dos quatro cantos do país, como a dona de casa Daniele de Souza Matheus de Oliveira, de 37 anos, que se mudou com a família, há dois anos, de Gurupi, no Tocantins, devido à transferência de emprego do marido. Natural do Rio de Janeiro, ela já morou em outras cinco cidades do país e considera o município um bom lugar para se viver.

“Eu gosto de mudar, conhecer culturas diferentes e acho Aparecida uma cidade tranquila, bem acolhedora, organizada. Espero que tenha mais opções de lazer, porque quando se quer ir a um lugar legal, tem que andar longe”, disse a dona de casa.

Em busca de qualidade de vida e melhores condições de trabalho, Adeilton Silva dos Santos, de 23 anos, se mudou de Jaú do Tocantins para Aparecida de Goiânia. Conferente de almoxarifado, ele pede mais segurança.

“Já tive uma moto roubada. É bem perigoso. Quero que aqui seja uma local mais seguro para minha filha, de 25 dias, viver”, afirma Santos.

Giovani Rodrigues pede mais segurança para os comerciantes em Aparecida de Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)

Giovani Rodrigues pede mais segurança para os comerciantes em Aparecida de Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)

Quem também cobra mais segurança é o comerciante Giovani Rodrigues, de 22 anos. O empreendedor, que comprou uma das lojas mais antigas da cidade, revela que precisa lidar diariamente com o medo. “A gente abre a loja e não sabe o que nos espera porque não temos segurança”, lamenta.

Professor universitário, Rubens Villar Siqueira, 40 anos, também se preocupa com a insegurança. Além disso, ele destaca que é preciso de investimento em educação.

“A gente recebe os alunos e nota que é preciso de uma base escolar melhor. O investimento tem que ser tanto financeiro quanto humano”, opina o professor.

Saneamento básico, ou melhor, a falta dele, também é um sério problema para a população. De acordo com Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), 75,8% dos moradores têm água encanada em casa e apenas 25,8% possui rede de esgoto.

“Nos últimos anos, melhorou muito a infraestrutura, mas tem muito a melhorar ainda. Moro no Setor Santo André e não tem esgoto, temos fossa séptica em pleno século XXI”, destacou.

Bolo gigante faz parte das comemorações pelos 95 anos de Aparecida de Goiânia (Foto: Vitor Santana/G1)

Bolo gigante faz parte das comemorações pelos 95 anos de Aparecida de Goiânia (Foto: Vitor Santana/G1)

Por causa da reclamação dos moradores, o G1 entrou em contato com a Polícia Militar na tarde de quarta-feira (10), mas não recebeu respostas sobre os problemas até a publicação desta reportagem.

Já a Saneago informou, por meio de nota, que “tem investido na ampliação e melhoria no sistema de abastecimento de água em Aparecida de Goiânia”. Conforme o texto, a Companhia tem quatro obras em andamento na cidade, com investimento de R$ 75,2 milhões que deve atender cerca de 80 mil moradores.

A respeito da rede de esgoto, a Sanego afirmou que os setores que ainda não são atendidos devem receber saneamento nos próximos dois anos, buscando alcançar a meta de fornecer rede de esgoto para 90 % dos moradores da zona urbana. A nota ressalta que há uma obra em andamento que deve atender 40 mil moradores de Aparecida de Goiânia até setembro deste ano.

Rubens Villar Siqueira, Aparecida de Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)

Rubens Villar Siqueira, Aparecida de Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)

Desfile cívico-militar

O desfile deve começar após a distribuição do bolo de aniversário, na Avenida Independência, no Setor Village Garavelo. Devem participar alunos de escolas públicas, das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e do Exército.

Também estão previstas apresentações de cavaleiros, grupos de dança e bandas marciais. O evento deve durar duas horas.

O que abre e o que fecha

Por se feriado municipal, os bancos não abrem nesta quinta-feira em Aparecida de Goiânia. Os Correios também não terão expediente.

Em relação às unidades de saúde, funcionam neste feriado os Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais) do Setor Nova Era e do Colina Azul, e as Unidades de Pronto Atendimento (Upas) Brasicon e Buriti Sereno.

Também serão mantidos os serviços de iluminação e coleta de lixo.

Desfile cívico-militar será na Avenida Independência, em Aparecida de Goiânia (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Aparecida de Goiânia)

Desfile cívico-militar será na Avenida Independência, em Aparecida de Goiânia (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Aparecida de Goiânia)

Aparecida de Goiânia celebra 95 anos com bolo gigante e desfile cívico-militar Reviewed by on . [caption id="attachment_13109" align="aligncenter" width="300"] Daniele de Oliveira e a filha, Júlia, gostam de viver em Aparecida de Goiânia (Foto: Paula Resen [caption id="attachment_13109" align="aligncenter" width="300"] Daniele de Oliveira e a filha, Júlia, gostam de viver em Aparecida de Goiânia (Foto: Paula Resen Rating: 0

Leave a Comment

scroll to top